Beleza a Custo Zero

dicas belezaA melhor opção de Beleza nem sempre vem num pote ou frasco. A par de uma limpeza regular, uma boa hidratação e protecção solar diária, há meia dúzia de gestos que, garantidamente, a tornam mais bonita – e não lhe custam um cêntimo.

SORRIA

Um sorriso faz um lifting imediato do rosto:  os volumes faciais são reposicionados e levantados, os olhos tornam-se mais vivos e brilhantes, as olheiras e outros sinais de cansaço chamam menos a atenção, e até um duplo queixo parecerá menos “duplo”. Além disso, o ser humano é naturalmente atraído por uma expressão sorridente, portanto, sempre que sorrimos tornando-nos mais atraentes aos olhos dos outros… e aos nossos. Experimente sorrir ao espelho e veja se não se acha logo mais gira.

CAMINHE

Andar é um exercício quase perfeito: feito vigorosamente e a bom ritmo, afecta positivamente todo o corpo, incluindo o cérebro e os pensamentos que lá se tornam, e ajuda-a a manter o seu peso ideal. A nível de rosto, uma boa caminhada diária melhora a circulação e a oxigenação do sangue, o que por sua vez dá à pele boas cores e luminosidade.

RESPIRE

Todos nós respiramos, mas a maioria de nós não respira suficientemente bem para aproveitar todos os benefícios da respiração – que vão desde permitir-nos manter a calma em situações de stress até ajudar-nos a queimar calorias, passando por energizar todo o nosso corpo (incluindo o seu maio órgão que é a pele). E nem sequer precisa de fazer exercícios respiratórios complicados, basta simplesmente, várias vezes ao dia, ficar atenta à forma como está a respirar e tentar fazê-lo mais conscientemente e profundamente durante uns minutos: inspire lentamente pelo nariz, sentindo o ar a entrar e a chegar ao fundo dos pulmões, empurrando o diafragma para fora; faça uma pausa, e expire looogamente, contraindo o diafragma para expulsar todo o ar e com ele as toxinas que envenenam o corpo e acinzentam a pele.

DURMA

Idealmente oito horas, mas pelo menos seis. É durante o sono que a pele se regenera e repara os danos sofridos durante o dia – se dormimos pouco e mal, essa reparação é feita à pressa e “mal amanhada”, e com a continuação começa a traduzir-se num agravamento das rugas, manchas, falta de firmeza e envelhecimento precoce. Já para não falar das olheiras, que se agravam a olhos vistos quando as horas de sono são demasiado curtas. Não é por acaso que se fala em sono de beleza.

MASSAJE-SE

A pele e o cérebro partilham a mesma origem embrionária (são ambos criados a partir das mesmas células durante o desenvolvimento do embrião) e por isso mantêm toda a vida uma ligação fortíssima. Tal como o o que se passa no cérebro afecta a pele – o stresse pode exacerbar uma dermatite, por exemplo -, também o inverso é verdade, e podemos chegar ao cérebro através do seu “interface” exterior, que é a pele. Já reparou que, quando damos uma pancada, a nossa primeira reacção é esfregar a zona dorida? É que o nosso corpo sabe instintivamente que a massagem estimula a libertação de endorfinas, uma espécie de “morfina” natural do nosso cérebro. Portanto, a massagem (mesmo a automassagem no corpo e resto, com ou sem aplicação de cremes) faz-nos sentir bem, e, quando nos sentimos bem a nossa pele fica equilibrada e mais bonita.

MASTIGUE BEM

Parece que não tem nada a ver, mas mastigar bem a comida ajuda-nos a ficar mais bonitas e de duas formas.

Por um lado, facilita a digestão dos alimentos (que ao contrário do que muito gente pensa, começa na boca e não no estômago), evitando inchaços que nos tornam barrigudas e facilitando o trânsito intestinal – imprescindível para eliminar toxinas que, de outra forma, contribuiriam para uma tez baça e, eventualmente, borbulhas.

Por outro lado, mastiga cada garfada as 20 e 30 vezes recomendadas é um fantástico exercício para os músculos do queixo, ajudando a prevenir o seu amolecimento com a idade.

Actuali

Leave a Reply