Dieta vegetariana durante a gravidez

A gravidez é uma fase da vida em que a alimentação tem que ser ainda mais cuidada e equilibrada. Afinal, já não está apenas a alimentar-se a si própria, mas também, ao futuro bebé.

A dieta de gravidez é assim fundamental para um desenvolvimento saudável do feto. Se você é vegetariana, ou pretende aderir a este tipo de dieta durante a sua gravidez, neste artigo poderá conhecer os benefícios desta alimentação e como fazer um cardápio vegetariano diário para grávidas.

Vantagens da dieta vegetariana

A dieta vegetariana durante a gravidez traz algumas vantagens importantes, tanto para a grávida, como para o bebé.

Sendo uma dieta pobre em gorduras e colesterol, esta alimentação está associada a um risco menor de desenvolvimento de doenças como a hipertensão, diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Tendo em conta que estas doenças estão normalmente relacionadas a vários problemas durante a gravidez, como a diabetes gestacional ou a pré-eclâmpsia, a dieta vegetariana revela-se assim benéfica na prevenção destas situações.

Quanto ao bebé, este beneficia também da dieta vegetariana. Sendo uma dieta rica em folhas verdes, é uma alimentação rica em ácido fólico, vitamina essencial para o correto desenvolvimento do sistema neurológico do feto.

dieta-vegetariana-gravidez

Cardápio vegetariano para grávidas

Apesar da dieta vegetariana mostrar vários benefícios para a grávida e para o bebé, é importante perceber que não deve aderir a este tipo de alimentação sem acompanhamento.

Uma gravidez traz necessidades para além do normal, e se não houver um planeamento cuidado do cardápio vegetariano, acabarão por ocorrer deficiências alimentares, que terão consequências negativas, tanto no desenvolvimento do bebé, como na saúde da mãe.

Por isso, seja você uma vegan habituada, ou seja uma grávida que quer aderir a este tipo de dieta durante a gravidez, é fundamental que consulte um nutricionista para elaborar o seu cardápio e acompanhá-la durante os 9 meses.

É natural que a dieta vegetariana seja completada com suplementos naturais, para que não haja lugar a carências nutricionais ou a problemas de absorção dos nutrientes.

Os grupos alimentares que constituem um cardápio vegetariano são os seguintes: verduras, frutas, cereais (incluem-se pão e grãos integrais), legumes, soja, leite de origem não animal, e frutos secos.

Apesar de facilmente encontrar na Internet cardápios já feitos, a verdade é que cada grávida é diferente, e seguir um cardápio formatado não é uma boa ideia. Consulte um nutricionista, e conjuntamente definam o melhor cardápio vegetariano para si.

Actuali

Leave a Reply