Dieta para enxaqueca

A enxaqueca é uma doença crónica, ou seja, que se prolonga durante a vida, e que é causada por uma desordem no cérebro.

A enxaqueca é uma dor na cabeça, do tipo latejante e pulsátil, de tal forma desabilitante, que é acompanhada por enjoos intensos, vómitos, e ainda, sensibilidade ao som e à luz.

Acredita-se que este problema está relacionado com uma desordem com as hormonas sexuais. Como as mulheres estão sujeitas a mais mudanças hormonais durante a sua vida, esta doença é mais comum nos elementos do sexo feminino. Sendo uma doença crónica, a enxaqueca não pode ser curada.

Contudo, há vários hábitos alimentares que pode seguir, e que irão ajudar a prevenir o aparecimento de crise.

Existem diversas substâncias presentes em alguns alimentos, capazes de ativar uma crise. Dessa forma, ao fugir destes alimentos, estará a reduzir as hipóteses de ocorrência de crises de enxaquecas. Conheça de seguida uma dieta para enxaqueca.

alimentos-dor-de-cabeca

Dieta para enxaqueca

Existem alimentos com substâncias capazes de ativar crises. Alimentos ricos em álcool, feniletilamina, tiramina, nitritos, entre outros, podem levar ao aparecimento de uma enxaqueca.

Uma dieta para enxaqueca deve fugir destes alimentos, preferindo outros, com propriedades importantes na prevenção da enxaqueca.

Esta dieta para enxaqueca não irá curar o problema, mas irá reduzir a frequência do número de crises.

Na sua dieta para enxaqueca, deve evitar alimentos muito condimentados, alimentos processados, quantidades grandes de carne, e ainda, chocolate e adoçantes artificiais.

Os alimentos ou bebidas estimulantes devem também ser evitadas. Pelo contrário, deve reforçar a presença de peixe, e ainda, outros alimentos ricos em ómega 3.

Os alimentos em que deve apostar devem também ter propriedades calmantes e antioxidantes. Alimentos como maracujá ou gengibre, por exemplo, devem fazer parte da sua dieta regular.

Mas qualquer dieta não deve ter em conta apenas o tipo de alimentos. Seguir boas práticas alimentares é igualmente importante.

Ter uma rotina alimentar, beber muita água ou chás com propriedades calmantes, e ainda, anotar sempre que relaciona a ingestão de determinado alimento com o aparecimento de uma crise.

Dessa forma, evitará esse alimento mais tarde. De seguida poderá conhecer um exemplo de um menu diário numa dieta para enxaqueca.

Exemplo de menu para enxaqueca

Pequeno-almoço: duas torradas com manteiga e um iogurte natural.
Lanche da manhã: pão com queijo e sumo de maracujá.
Almoço: salada de alface, tomate e pepino, salmão grelhado com batatinhas e cenouras cozidas, e como sobremesa, uma laranja.
Lanche da tarde: chá de gengibre e algumas bolachas integrais.
Jantar: sopa de legumes, carapau grelhado com batatinhas cozidas e posteriormente fritas em azeite. Como sobremesa, pode comer uma maçã.

Actuali

Leave a Reply