Dieta Ortomolecular

Durante o dia-a-dia, é difícil manter sempre apenas hábitos saudáveis. A alimentação desequilibrada, a vida sedentária, o número de horas de sono insuficientes, são tudo exemplos de erros comuns, e que afetam de uma forma bastante negativa o funcionamento do organismo, prejudicando a sua saúde.

Todos estes erros criam desequilíbrios no corpo humano, que acabam por ter consequências, consequências essas que na maioria das vezes achamos naturais. No entanto, não o são, e são resultado direto dos erros cometidos no dia-a-dia. Para dar resposta aos desequilíbrios provocados no organismo, surgiu a dieta ortomolecular.

Esta dieta, além de prometer a perda de 1kg de peso por semana, irá ainda ajudar o corpo a reequilibrar-se e a tornar-se mais saudável. Saiba mais sobre esta dieta: como funciona e quais as suas vantagens.

ortomolecular-dieta

Como funciona a dieta ortomolecular

A dieta ortomolecular, desenvolvida por Linus Pauling, um químico norte-americano, tem como ponto-chave o reequilíbrio do organismo através de uma mudança alimentar.

No entanto, antes de iniciar esta dieta, é essencial saber que desequilíbrios são esses. Dessa forma, terá de consultar o seu médico, para que este peça um exame de sangue e um mineralograma capilar (exame aos fios de cabelo), de modo a perceber quais aminoácidos e vitaminas faltam no organismo.

A partir desses resultados, o médico irá receitar suplementos que terão como função suprir essas carências. Esta é assim uma dieta individual, definida caso a caso.

Além da suplementação, é igualmente importante fazer algumas alterações nos seus hábitos alimentares.

Assim, a dieta ortomolecular aposta em alimentos frescos e naturais, em detrimento de alimentos processados e industrializados.

Por exemplo, leites e derivados devem ser substituídos por desnatados, os hidratos de carbono refinados por integrais, os alimentos de conserva por alimentos frescos, carnes vermelhas por peixe, carne de aves (sem pele) e por clara de ovo.

A gema de ovo é proibida, e os hidratos de carbono simples, como o arroz branco ou o pão branco, devem ser restringidos, não os consumindo no jantar.

Vantagens da dieta ortomolecular

A maior vantagem desta dieta é o facto de ser pouco restritiva, sendo por isso fácil de seguir.

Não existe nenhum grupo alimentar excluído, podendo assim ter refeições variadas e saborosas no seu dia-a-dia.

Além disso, não sendo uma dieta igual para todos, ela irá responder às suas necessidades, ajudando o seu corpo a recuperar o que tem em falta, melhorando assim o seu funcionamento e a sua saúde.

Actuali

Leave a Reply